Localização: Lisboa e Vale do Tejo, PORTUGAL,

Dificuldade: Fácil

Ao longo de cerca de 10 edições iremos dar a conhecer uma das zonas verdes mais importante da cidade de Lisboa, o Parque Florestal de Monsanto.

Texto e fotografia: Lobo do Mar e C.M.L.

A Serra de Monsanto é habitada desde tempos pré-históricos. Esse facto é comprovado pelas numerosas descobertas arqueológicas efetuadas na sua área, destacando-se as estações de Montes Claros e de Vila Pouca. A floresta original terá começado a ser destruída, no momento em que a cidade de Lisboa iniciou o seu desenvolvimento.

Hoje em dia, Monsanto é um local de destino para os lisboetas e, não só, para a prática de atividades de ar livre ou simplesmente de lazer. Está muito bem equipado para receber a população e, devido à sua dimensão, as pessoas podem escolher o local que mais lhes agrada sem terem que estar “apertados”.

Nesta edição vamos apresentar um percurso circular com cerca de 6 km de extensão e que não está sinalizado. O percurso é de dificuldade reduzida e interessante para um primeiro contacto com o Parque,

Parque Florestal de Monsanto

Espaço com cerca de 900ha de vastas áreas de mata diversificada, o Parque Florestal de Monsanto oferece grandes potencialidades para o recreio passivo. A mata fechada nem sempre é um local acolhedor para o homem, no entanto, o seu contraste com a clareira e a abertura pontual de amplas vistas sobre a cidade e o rio, fazem do Parque Florestal de Monsanto um local muito atrativo do ponto de vista paisagístico.

O Parque Florestal de Monsanto oferece um vasto conjunto de atividades. Aqui poderá descobrir uma série de trilhos para a prática de BTT, ou transformar-se num verdadeiro corredor, escalador ou até skater! Mas se pretender simplesmente descansar em família poderá realizar passeios pelos trilhos de Monsanto, ou realizar um piquenique nos Parques de Merendas.

O Parque disponibiliza, ainda, oferta dirigida à comunidade educativa, incentivando-se a adoção de boas práticas no usufruto deste ecossistema florestal.

O Parque dispõe de um Plano de Gestão Florestal, elaborado em 2010 e aprovado pela Autoridade Florestal Nacional em 2012, que se mantém em vigor, onde estão caracterizados todos os aspetos geográficos do parque bem como os programas e critérios de intervenção. Fonte: C.M. de Lisboa

Flora

O Parque Florestal de Monsanto é um espaço verde de grande interesse e variedade vegetal. Um pouco por todo o Parque, é possível observar várias espécies de carvalhos, facilmente identificáveis pelo fruto que dão – a bolota – afinal um bom petisco para os esquilos que aqui habitam.

Pertencentes ao género Quercus, os carvalhos surgiram espontaneamente ou como resultado de plantações. Só neste parque, existem 6 espécies:

Sobreiro (Quercus suber L.);

Azinheira (Quercus rotundifolia Lam);

Carvalho-cerquinho (Quercus faginea Lam.);

Carvalho-negral (Quercus pyrenaica Willd.);

Carvalho-roble (Quercus rubor L.);

Carrasco (Quercus coccifera L.).

Mas não fica por aqui, além destas espécies, encontra árvores como:

Pinheiro-manso (Pinus pinea L.),

Eucalipto (Eucaliptus globulus Labill.),

Ulmeiro (Ulmus campestris)

E arbustos como o Medronheiro (Arbutus unedo) ou a Aroeira (Pistacia lentiscus L.), entre muitos outros.

Ficha da Caminhada

Local: Parque Florestal de Monsanto em Lisboa

Tipo: Circular

Extensão: 6,3 km

Grau de dificuldade: Fácil

Sinalizado: Não

Duração: 2 h 30 m

Informação útil

Centro de Interpretação de Monsanto

Horário

De abril a setembro: de segunda a sexta-feira das 09h30 às 17h00; sábados das 09h30 às 18h00; domingos das 14h00 às 18h00

De outubro a março: de segunda-feira a sábado das 9h30 às 17h00; domingos das 14h00 às 17h00

Contacto / +351 218 170 200

Localização / Estrada do Barcal, Monte das Perdizes – Lisboa

Veja também a Rota da Biodiversidade:

http://passear.com/2011/05/rota-da-biodiversidade-pr1-lsb-descobrir-a-cidade-de-lisboa/

Para descarregar o track de GPS: http://ridewithgps.com/routes/3787942

Map powered by MapPress


Um Comentário to “À descoberta do Parque de Monsanto – I”

  1. [...] faz parte do centro histórico, esta um pouco escondido perto do bairro de Benfica, no início do Parque Florestal de Monsanto. É difícil de ser encontrado, especialmente devido a ausência de placas ou sinalização no [...]

Complete a informação ou comente!

*