Caminhar na neve

Muitos são os artigos que podemos ler sobre caminhar e muito diversificados são os pontos de vista apresentados sobre esta actividade, mas raros abordam especificamente a caminhada na neve e são essas especificidades que aqui abordaremos de forma descontraída.

Sanabria

Dada a climatologia portuguesa, não há tradição em Portugal de caminhar em neve. A Serra da Estrela será o local onde, com maior probabilidade poderemos encontrar neve no período invernal mas, mesmo assim, a neve mantém-se durante um curto espaço de tempo e muitas vezes em condições pouco apropriadas devido à baixa altitude da serra e consequentes questões climatológicas.

No entanto, em terreno espanhol são vários os locais que, ficando relativamente perto da fronteira, apresentam muito boas condições para esta prática, nomeadamente: Serra de Gredos, Serra de Bejar e Candelário, Parque Natural do Lago de Sanábria e alguns outros.

Ao nos deslocarmos para algum destes locais veremos que aí a tradição já é substancialmente diferente e encontramos muitas famílias alegremente a usufruir dos espaços nevados.

Bejar

A neve e as suas condições

Naturalmente, a primeira grande diferença que encontramos é a neve em si e as condições que apresenta para que nos seja possível caminhar e que o façamos de forma agradável e em segurança. A neve deve apresentar uma altura que conjugada com a sua dureza permita que aí caminhemos sem nos afundarmos demasiado mas não demasiado gelada inviabilizando a caminhada por nos fazer escorregar.

O equipamento

Para caminhar na neve podemos usar botas que sejam revestidas com alguma película respirável, do tipo Gore-Tex, que tenham solas um pouco mais rígidas que o normal e preferencialmente botas com tacão. Também será muito confortável o uso de perneiras que vão impedir que a neve entre nas botas pelo cano.

Para quem se adapte bem, o uso de bastões também pode ser uma grande ajuda.

Se estamos num espaço onde há neve então, muito provavelmente estará frio e devemos ter roupas que resistam a essas temperaturas. Neste caso é preferível ter várias camadas de roupa em vez de roupas muito grossas.

Com várias camadas de roupa ser-nos-á mais fácil ajustar os agasalhos à temperatura tirando ou colocando peças conforme nos possamos sentir.

A peça de roupa exterior, normalmente o casaco e calças, devem ser de material sintético respirável que funcione como protecção ao vento e à neve e até como protecção em caso de chuva.

Atenção que esta associação de neve e frio nem sempre acontece havendo dias de sol muito quentes mesmo em zonas nevadas.

A neve, pela sua cor branca, reflecte muito a luz do sol podendo provocar queimaduras na pele e provocando problemas oftalmológicos. O uso de protector solar e óculos escuros não deve ser descurado.

Gredos

Meteorologia e cuidados a ter

Há que considerar que o tempo em ambiente de montanha pode mudar significativamente de um momento para outro transformando um local agradável num espaço potencialmente problemático para quem não conhece ou não está preparado. Não se afastar dos caminhos marcados, se não tem a devida preparação então não se aventure muito para o interior da montanha, podem-se dar excelentes passeios sem que tal aconteça.

Por fim, se o seu desejo é aventurar-se pela montanha em belíssimas caminhadas, trazendo fotografias memoráveis, então peça a ajuda de um profissional. Não só poderá ver locais que de outra forma seriam impossíveis como o fará em segurança.

Proposta Serra de Gredos

A empresa Nómadas está organizar uma saída de 18 a 20 de Março à Serra de Gredos, localizado entre as províncias de Ávila e Cáceres, em Espanha. Com todas as características do contexto de alta montanha, permite ter uma actividade de iniciação em que os participantes terão a oportunidade experimentar sensações só possíveis neste ambiente. Uma excelente oportunidade para iniciação às caminhadas invernais.

Contactos:

www.nomadas.pt

geral@nomadas.pt


Telefones +351 210 970 740; +351 96 504 4202; +351 91 928 9335

Map powered by MapPress

No Related Posts

Complete a informação ou comente!

*