Do turismo sustentável à exploração do petróleo: temas quentes da actualidade nas II Jornadas do Arade.

O fim-de- semana de 10 a 12 de Março vai fazer o Arade transbordar de boas ideias e de perspectivas frescas sobre o presente e o futuro da região.

As Jornadas do Arade regressam como espaço de debate aberto aos cidadãos, apelando ao envolvimento de todos na busca das melhores soluções para os desafios que se impõem aos quatro municípios que integram a Bacia do Arade: Portimão, Lagoa, Silves e Monchique.

Este ano, o encontro realiza-se entre o Espaço Raiz (dia 10 de Março) e o Museu de Portimão (11 e 12 de Março). Esta é uma iniciativa organizada pela Associação Teia D’Impulsos, enquanto parte do projecto CAIC – Cidadania Activa e Intervenção Cívica.

Antes de se abrir o tempo de discussão, há tempo para aprender um pouco mais. O final de tarde e a noite de sexta-feira, dia 10 de Março, serão dedicados à formação.

No Espaço Raiz (antiga escola primária da Pedra Mourinha), irão decorrer dois cursos:

- Introdução ao Dirigismo Associativo

- Viver Melhor Amanhã: Uma introdução ao movimento de Transição do Arade,

Os trabalhos das II Jornadas do Arade abrem na manhã de dia 11 e prolongam-se pelo domingo, dia 12 de Março, no auditório do Museu Municipal de Portimão.

Alguns pontos altos do programa passam pela discussão sobre as Pescas no Barlavento Algarvio – e o debate entre a cooperativa dos Armadores de Pesca do Barlavento e o Secretário de Estado das Pescas -, uma conferência entusiasmante de Rui Pedro Alves, CEO da Rupeal, sobre como O que falta para o Algarve ser um Sucesso na área do Empreendedorismo, debates sobre Turismo Sustentável e ainda, uma troca de ideias entre estudantes do secundário e os Presidentes das Câmaras da Bacia do Arade.

O programa da noite de sábado conta ainda, às 20h00, com a apresentação da edição de 2017 da Rota do Petisco na sala do descabeço do Museu de Portimão. A revelação das novidades da Rota 2017 será acompanhada por um delicioso cocktail oferecido pela Docapesca e com o apoio da Central de Cervejas e da Comissão Vitivinícola do Algarve.

Complete a informação ou comente!

*