O convite partiu da LPN, a mais antiga associação de defesa do ambiente em Portugal, que há 25 anos contribui para a proteção dos valores naturais e desenvolvimento sustentável deste território

Abetarda nas planícies do Campo Branco. Fotografia de Iván Vásquez

A visita oficial do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, que será acompanhada pela Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza (SEOTCN), Célia Ramos, aos projetos de conservação da LPN em Castro Verde acontece esta sexta-feira, 10 de março, e tem como objetivo mostrar as sinergias locais de compatibilização da conservação da natureza e da biodiversidade com a agricultura, bem como, o investimento da LPN na conservação de espécies e habitats ameaçados no sul de Portugal.

Centro de Educação Ambiental do Vale Gonçalinho da LPN, em Castro Verde

Há 25 anos que a LPN desenvolve em Castro Verde, em estreita parceria e articulação com a Câmara Municipal de Castro Verde e a Associação de Agricultores do Campo Branco, uma iniciativa de conservação da natureza nas planícies do Campo Branco para a preservação das aves estepárias, como a emblemática Abetarda, hoje considerada como um símbolo do concelho.

As vastas planícies do Campo Branco, onde se pratica uma atividade agropecuária extensiva de elevada qualidade, são o habitat de excelência para as aves estepárias como a Abetarda, o Sisão ou o Peneireiro-das-torres, mundialmente ameaçadas e dependentes destas áreas agrícolas para a sua sobrevivência. A importância de medidas agroambientais, como o Apoio Zonal de Castro Verde que se adequa às especificidades deste território e à biodiversidade aqui existente, foi pioneira e decisiva para assegurar a proteção do habitat destas espécies ameaçadas e inverter as tendências de declínio. O trabalho já desenvolvido culminou numa candidatura a Reserva da Biosfera da UNESCO, efetuada em 2016 e cuja decisão se aguarda para maio de 2017.

O apoio dos associados da LPN e do Programa LIFE da União Europeia possibilitaram à LPN a aquisição de 1812 hectares na Zona de Proteção Especial (ZPE) para as Aves de Castro Verde, que estão dedicados à conservação das aves estepárias. Sedeados no Centro de Educação Ambiental do Vale Gonçalinho (CEAVG), bem no coração do Campo Branco, a LPN promove diversas iniciativas de investigação científica, educação e sensibilização ambiental, promoção do turismo de natureza, e projetos na área da conservação da natureza e proteção da biodiversidade, combate à desertificação, adaptação às alterações climáticas, conservação do solo e da água, e resíduos. Além deste trabalho já distinguido por diversas vezes com prémios nacionais e internacionais, é aqui que se encontra também o centro operacional de três projetos LIFE Natureza, pelos quais a LPN está responsável pela coordenação, dedicados à conservação de espécies e habitats ameaçados (LIFE Imperial, LIFE Saramugo e LIFE Charcos).

A visita do Ministro do Ambiente e da SEOTCN terminará com um passeio pelas propriedades da LPN para observação de Abetardas, a mais pesada ave voadora da Europa, com estatuto de Em Perigo no nosso país, e que ali encontra o seu principal refúgio ao nível nacional. Com uma população que viu o seu número triplicar desde que esta cooperação teve início, atualmente a população de Abetarda residente no Campo Branco representa cerca de 90% do efetivo nacional, com cerca de 1400 aves nestas planícies alentejanas.

Complete a informação ou comente!

*